Convento de Santa Teresa de Jesus

 

    Situado na Rua do Norte, nos limites da antiga aldeia de Carnide, foi fundado em 1642 pela Infanta Dona Micaela, filha do imperador da Alemanha. Destinava-se a freiras carmelitas descalças. Grande complexo arquitectónico, com claustro, igreja de uma só nave, cozinha, refeitório e dependências rurais, integrava-se numa grande propriedade que se estendia muito para além da alinhada frente urbana.

    A fachada é sóbria, mas os interiores apresentam aspectos requintados, como as pinturas da igreja, atribuídas a Inácio Oliveira Bernardes e a José da Costa Carneiro e os painéis de azulejos polícromos e azuis e brancos colocados nos séculos XVII e XVIII na portaria e nas várias dependentes interiores. Contrastando com a austeridade da fachada, onde som a igreja se evidencia, os interiores têm espaços e decorações barrocas.

    Aqui se recolhem muitas donzelas e viúvas pertencentes a famílias da nobreza da época e, depois da extinção das ordens religiosas, em 1834, permaneceu como recolhimento religioso até à morte da última freira em 1881. Actualmente, funciona como lar da terceira idade.

 

[Volta]

Fotografias:

 

 

[Volta]